O contra-almirante Domingos Sávio Almeida Nogueira, diretor de comunicação do comando da Marinha, acaba de informar que a FAB já localizou quatro grupos de...

O contra-almirante Domingos Sávio Almeida Nogueira, diretor de comunicação do comando da Marinha, acaba de informar que a FAB já localizou quatro grupos de destroços boiando no Atlântico na área em que caiu o Airbus da Air France. Os destroços estariam separados por distâncias entre cinco e dez milhas, que correspondem a cerca de 8 a 17 quilômetros.

Embora tenha usado a palavra “identificados”, ele não quis confirmar se havia correlação entre os restos encontrados no mar e o avião acidentado.

Segundo o oficial, a preocupação ainda é com a possiblidade de haver sobreviventes, mesmo tendo se passado 45 horas da tragédia. A temperatura da água naquele local está entre 28 e 30 graus centígrados, o que possibilitaria a sobrevivência, sem hipotermia, por tempo indeterminado.

O contra-almirante também afirmou que os três navios mercantes que estão auxiliando nas buscas ainda não conseguiram alcançar os destroços.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *