LEONARDO GOY Os quatro projetos de lei que tratam do marco regulatório do pré-sal receberam, ao todo, 823 emendas, segundo balanço divulgado hoje pela...

LEONARDO GOY

Os quatro projetos de lei que tratam do marco regulatório do pré-sal receberam, ao todo, 823 emendas, segundo balanço divulgado hoje pela Secretaria-Geral da Mesa da Câmara. O prazo para apresentação de emendas foi encerrado às 19h desta sexta-feira.

O projeto que recebeu o maior número de emendas, 350, foi o que prevê o estabelecimento do regime de partilha da produção nas áreas do pré-sal. O número poderia ser maior, já que 12 emendas a esse projeto acabaram sendo retiradas.

Já a proposta que cria o Fundo Social – para o qual irão os recursos obtidos pela União – recebeu 301 emendas. O projeto que cria a Petro-Sal, nova estatal que será encarregada de administrar as reservas do pré-sal, foi objeto de 105 propostas de mudanças. Uma das emendas a esse projeto foi retirada. O projeto de lei que autoriza a capitalização da Petrobras recebeu 67 emendas.

Clique aqui para ler a íntegra no site do Estadão

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *