Pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta terça-feira mostra que quase metade dos brasileiros mudaram ou vão modificar seus hábitos de consumo por causa da crise econômica...

Pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta terça-feira mostra que quase metade dos brasileiros mudaram ou vão modificar seus hábitos de consumo por causa da crise econômica mundial.

Segundo o levantamento, 18% responderam que não alteraram os seus hábitos de consumo, mas que pretendem mudar em consequência da turbulência internacional. Já 25% dos entrevistados responderam que alteraram seu planejamento financeiro por causa da crise.

Outros 52% não mudaram, nem pretendem alterar, seus hábitos. Os demais não sabem ou não responderam.

A pesquisa aponta ainda que os brasileiros estão otimistas em relação aos impactos da crise econômica internacional no país: 67% dos entrevistados acreditam que a economia do país será pouco ou nada prejudicada em razão da crise, contra 27% que consideram graves os efeitos ao país.

“Há a percepção de que a crise pode ter efeitos menos graves do que se supunha inicialmente, com a redução das pessoas que consideram a crise grave ou muito grave. Há uma redução bastante expressiva na crise e percepção de que ela seria pouco grave”, disse Amauri Teixeira, consultor da MCI (empresa responsável pela elaboração da pesquisa).

A pesquisa mostra, porém, que o otimismo dos brasileiros não se repete ao serem questionados sobre a gravidade da crise. Segundo a CNI/Ibope, 71% dos entrevistados consideram a crise grave ou muito grave, enquanto 23% não veem gravidade em seus impactos.

A expectativa da maioria dos entrevistados (34%) é que a crise termine em 2010, enquanto apenas 13% apostam que ela será encerrada ainda em 2009.

Em relação à atuação do governo federal no combate à crise, a pesquisa mostra que 52% consideram “ótima ou boa”, contra 33% que consideram “regular” e outros 9% que a classificaram como “ruim ou péssima”.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *