Do Terra O governador do Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), chamou nesta terça-feira o Ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, de “viado”...

Do Terra

O governador do Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), chamou nesta terça-feira o Ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, de “viado” e “maconheiro”. As ofensas teriam sido motivadas pelo zoneamento agroecológico da cana-de-açúcar, projeto da pasta ambiental.

O plano de zoneamento do Governo Federal proíbe o uso da bacia do Alto Paraguai como terreno para construção de usinas e o plantio de cana-de-açúcar. O governo do Estado elaborou um projeto de lei que libera o cultivo.

“Ele é um ‘viado’, fumador de maconha”, teria dito o governador em uma reunião com empresários. O comentário foi depois repetido para a imprensa local, segundo alguns veículos sul-matogrossenses.

Puccinelli teria dito ainda que se Minc participasse da Meia-Maratona Internacional do Pantanal, que será realizada no dia 11 de outubro, o ministro teria que sair vencedor da corrida. “Porque senão eu (Puccinelli) o alcançaria e ele seria estuprado em praça pública”, disse.

Por meio de nota oficial, o governo daquele estado afirmou que as críticas foram feitas “em tom de brincadeira” e entendidas pelos presentes como tal.

O comentário foi rebatido por Minc. “É um truculento ambiental que quer destruir o Pantanal com a plantação de cana-de-açúcar. Essa declaração revela o seu caráter”, afirmou o ministro por meio de nota.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *