A ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) comemorou muito o anúncio doO presidente Luiz Inácio Lula da Silva chorou nesta sexta-feira após a vitória do...

A ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) comemorou muito o anúncio doO presidente Luiz Inácio Lula da Silva chorou nesta sexta-feira após a vitória do Rio de Janeiro na eleição do COI (Comitê Olímpico Internacional) para sede dos Jogos Olímpicos de 2016 e disse que “mundo reconheceu a vez do Brasil”.

Antes da eleição final contra Chicago, Madri e Tóquio, Lula disse que a economia sólida e o bom desempenho frente à crise financeira mundial eram boas garantias de que o Rio de Janeiro estaria pronto para ser sede dos Jogos.

Com a vitória, o presidente voltou a destacar o bom momento do país internacionalmente.

“Essa vitória é uma retribuição a um povo que muitas vezes só aparece [de forma negativa] na imprensa e nas páginas dos jornais. Os que pensam que o Brasil não tem condições de receber os Jogos vão se surpreender”, disse Lula, chorando.

“Esse país precisa de chance. Prevaleceu a razão, a paixão e a verdade. Finalmente o mundo reconheceu a hora e a vez do Brasil. O Brasil merecia realizar uma Olimpíada”, continuou o presidente brasileiro.

Votação

Na primeira rodada de votação de hoje, Chicago, que era considerada favorita, foi eliminada. Na segunda, foi a vez de Tóquio sair da disputa. Na decisão, o Rio venceu Madri por 66 votos a 32, diferença bastante expressiva.

Sites especializados como o “Game Bids” e o “Around The Rings” colocavam a capital fluminense como a principal favorita, com ligeira vantagem sobre Chicago. A cidade norte-americana, porém, era a favorita em casas de apostas, seguida pelo Rio.

Entre os quatro países com cidades candidatas, o Brasil era o único que ainda não havia recebido nenhuma Olimpíada. O caráter inédito da candidatura carioca foi bastante ressaltado na apresentação feita pelo Rio de Janeiro antes da votação. COI (Comitê Olímpico Internacional) de que a cidade do Rio de Janeiro será a sede da Olimpíada de 2016. Ela acompanhou o resultado em um hotel na praia de Copacabana, junto a outros políticos. Ela chegou a ser carregada por autoridades.

“Chorei bastante, me comovi muito porque é uma vitória muito merecida desse povo maravilhoso do Rio de Janeiro, que tem essa natureza maravilhosa”, afirmou.

“E nós merecemos porque lutamos e acho que todo o Brasil torceu, todo o Brasil queria essa vitória. É o charme do Rio de Janeiro, é a vocação do Rio de Janeiro para ser uma espécie de capital mundial, como tenho dito.”

O anúncio oficial da cidade escolhida para organizar a Olimpíada de 2016 ocorreu nesta sexta-feira, na Dinamarca –Chicago e Tóquio foram eliminadas nas duas primeiras rodadas. Na final, o Brasil superou Madri.

A cidade brasileira, que já havia se candidatado a sede dos Jogos em 2004 e 2012, sem chegar à final, joga hoje sua melhor chance para organizar o evento e tinha a cidade norte-americana como a maior rival.

Entre os quatro países com cidades candidatas, o Brasil é o único que ainda não recebeu nenhuma Olimpíada. O caráter inédito da candidatura carioca foi bastante ressaltado na apresentação feita pelo Rio de Janeiro antes da votação.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *