Da Folha Online. O número de funcionários públicos federais aumentou em 57,1 mil de 2003 a 2009, segundo estudo do Ministério do Planejamento divulgado...

Da Folha Online.

O número de funcionários públicos federais aumentou em 57,1 mil de 2003 a 2009, segundo estudo do Ministério do Planejamento divulgado nesta terça-feira.

Nesses seis anos, foram autorizadas 160,7 mil novas vagas, mas, com aposentadorias, falecimentos e outras exclusões, o ingresso líquido ficou em 57,1 mil. Com isso, a administração federal tem 542.843 servidores ativos, o maior número desde 1996.

De acordo com o estudo, o setor com maior aumento líquido no número de servidores ativos foi o de educação, seguido por Justiça e segurança pública, e órgãos como AGU (Advocacia-Geral da União) e Ministério da Fazenda.

Na educação, foram 29,2 mil novos servidores, sendo 14,8 mil professores. “Ressalte-se que o número de vagas nas universidades federais mais que dobrou no período, porém a quantidade de docentes e técnicos administrativos não acompanhou esse crescimento, o que indica ganhos de produtividade”, afirma o estudo.

Para Justiça e segurança pública, foram 7,6 mil novos servidores, crescimento de 37% do total de funcionários. A AGU teve um aumento líquido de 7,2 mil servidores no período, sendo 1,1 mil novos procuradores federais e 989 advogados da União.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *