O ministro José Pimentel (Previdência Social) defendeu nesta terça-feira a destinação de recursos do pré-sal para financiar a previdência rural e o pagamento de...

O ministro José Pimentel (Previdência Social) defendeu nesta terça-feira a destinação de recursos do pré-sal para financiar a previdência rural e o pagamento de licença maternidade para mulheres de baixa renda.

O pedido foi feito durante audiência pública na comissão especial que discute projeto que cria o Fundo Social, para onde serão destinados recursos obtidos pela União com a exploração do petróleo do pré-sal.

“Estamos aqui pedindo ao Congresso Nacional que reserve uma parte do pré-sal para o segurado rural e para crianças pobres”, afirmou.

Pimentel explicou que a previdência urbana, que segundo ele teve deficit de R$ 1,2 bilhão em 2008, tende ao equilíbrio, enquanto a previdência rural e os benefícios assistenciais da pasta são os responsáveis pelo rombo nas contas. Para este ano, a previsão de Pimentel é um deficit na previdência de R$ 39,8 bilhões e, para 2010, R$ 38,5 bilhões.

Além de Pimentel, participam da audiência o ministro Patrus Ananias (Desenvolvimento Social) e o diretor do Departamento de Economia da Saúde do Ministério da Saúde, Elias Antônio Jorge.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *