O Senado está mesmo disposto a eliminar todos os fantasmas que insistem em assombrar a Casa. Mas para não cometer injustiças, a diretoria-geral também...

O Senado está mesmo disposto a eliminar todos os fantasmas que insistem em assombrar a Casa.

Mas para não cometer injustiças, a diretoria-geral também não hesita em dar chances aos funcionários que não se recadastraram no primeiro levantamento obrigatório.

E esta vai ser a quarta desde que o “censo” foi implementado.

Segundo o primeiro-secretário Heráclito Fortes (DEM-PI), os 220 efetivos e 195 comissionados que  chegaram a preencher alguns dados e não terminaram vão poder se explicar. “‘Não sei se há fantasmas ou candidatos a fantasma. Pode haver algum erro no sistema. Temos que ser rápidos e devemos resolver isso em mais uma semana”. Ainda de acordo com Heráclito, um prazo “justo” vai ser dado para que a revalidação seja feita.

Já os 88 servidores que sequer preencheram o formulário de recadastramento vão ter cerca de dez dias para resolver a situação. Logo depois dessa data, a previsão é a de que os faltosos tenham oss benefícios automaticamente suspensos pela direção do Senado.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *