A oposição pretende abandonar de vez a CPI que ela mesma insistiu em criar. Segundo o autor do requerimento de instalação da comissão, senador Alvaro...

A oposição pretende abandonar de vez a CPI que ela mesma insistiu em criar. Segundo o autor do requerimento de instalação da comissão, senador Alvaro Dias (PSDB-PR), não há mais sentido continuar os trabalhos sem a investigação das supostas irrregularidades na maior estatal do país. “Não podemos mais compactuar com esse modelo que é uma farsa. Isso é pura encenação. Isso não é investigar e sim acobertar”, afirmou Dias ao dizer que desde o início, não foi permitido o acesso a informações relevantes do colegiado. “Só nos permitem acesso naquilo que interessa a eles (governo)”, apontou.

A insatisfação dos oposicionistas ficou evidente na tarde de hoje, quando Dias e o senador Sérgio Guerra (PSDB-PE) debandaram da  reunião. O encontro de hoje ouviria o gerente da área de exploração da Petrobras, Erardo Barbosa Filho. Mas, para surpresa dos senadores presentes, o convidado mandou outra pessoa no lugar para enfrentar a sabatina.

Além disso, o atraso irritou os tucanos, que cogitam inclusive o fim da comissão. “Hoje foi um desrespeito e esse é o cenário. Pode ocorrer que convoquem o presidente da Petrobras para depor e encerrem a comissão. Se isso acontecer, vamos ficar como coadjuvantes de terceira categoria”, ponderou Alvaro Dias, ao reclamar que durante duas semanas, nenhum encontro fora realizado.

O presidente da comissão, João Pedro (PT-AM) discorda da atitude dos oposicionistas. “O discurso da oposição era no sentido de politizar o debate. Ela (oposição) deveria entrar no mérito e garantir a CPI e não fazer o que fez”.

João Pedro confirmou ainda que pretende se reunir com a oposição para marcar uma reunião administrativa e definir os novos pontos do trabalho. Isso aconteceria porque ainda há cerca de  15 requerimentos de convocação de depoentes para serem analisado. “Não há necessidade de uma reunião administrativa. Isso é golpe em cima de golpe”, disse Alvaro Dias ao informar que a oposição vai se encontrar na semana que vem para definir os próximos capítulos dessa novela que promete esquentar.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *