A FAB (Força Aérea Brasileira) divulgou na tarde desta sexta-feira a lista com os nomes das nove pessoas que sobreviveram ao acidente com o...

A FAB (Força Aérea Brasileira) divulgou na tarde desta sexta-feira a lista com os nomes das nove pessoas que sobreviveram ao acidente com o avião da corporação localizado pela manhã em meio à floresta amazônica. A aeronave havia desaparecido ontem, durante voo entre Cruzeiro do Sul (AC) a Tabatinga (AM), com 11 pessoas a bordo.

“Dos 11 ocupantes do avião, um está desaparecido e há indícios de um possível óbito. Há nove sobreviventes que passam bem”, informou a FAB em nota. Os sobreviventes são:

-1º Tenente Carlos Wagner Ottone Veiga
-2º Tenente José Ananias da Silva Pereira
-1º Sargento Edmar Simões Lourenço
-Josiléia Vanessa de Almeida
-Maria das Graças Rodrigues Nobre
-Maria das Dores Silva Carvalho
-Marina de Almeida Lima
-Diana Rodrigues Soares
-Marcelo Nápoles de Melo

Os outros dois ocupantes do avião ainda não resgatados são: João de Abreu Filho (técnico) e o suboficial Marcelo dos Santos Dias, segundo listas divulgadas anteriormente pela Aeronáutica e a Funasa.

De acordo com a FAB, os sobreviventes já estão a bordo do helicóptero H-60 Blackhawk da Aeronáutica de um helicóptero HM-3 Cougar do Exército. As aeronaves devem chegar ao aeroporto de Cruzeiro do Sul (AC) por volta das 15h30 (horário de Brasília).

Em nota, a Funasa informou que os sobreviventes foram levados para o aeroporto de Cruzeiro do Sul (AC), onde receberão os primeiros atendimentos por profissionais de saúde da Aeronáutica. Se necessário, poderão ser encaminhados a hospitais da região.

A Aeronáutica informou que o avião pousou no rio Ituí, afluente do rio Javari, entre duas aldeias. Inicialmente, o avião foi localizado por índios da tribo dos Matis, que acionaram a Funai (Fundação Nacional do Índio). Em seguida, aeronaves da FAB que participavam das buscas seguiram para o local e identificaram o C-98.

Estavam na aeronave quatro militares e sete funcionários da Funasa (Fundação Nacional de Saúde), que viajavam para Tabatinga como parte da Operação Gota, que tem como objetivo vacinar as “populações residentes em áreas rurais e indígenas de difícil acesso”.

Buscas

Segundo o Comando da Aeronáutica, o avião –que pertence ao 7º ETA (Esquadrão de Transporte Aéreo), sediado em Manaus (AM)– saiu ontem de Cruzeiro do Sul e deveria pousar em Tabatinga às 10h15, horário local (ou 12h15, horário de Brasília).

O Salvaero (Serviço de Salvamento Aéreo) recebeu o ELT (sinal de emergência) emitido pela aeronave 58 minutos após a decolagem. “Com base nas informações do ELT e dos últimos contatos por radar e rádio com o controle de tráfego aéreo, foi possível estabelecer uma área para início das buscas”, informou a FAB ontem, em nota.

As buscas pela aeronave contaram com sete aeronaves da FAB e uma do Exército. Entre as aeronaves utilizadas estão dois helicópteros H-60L BlackHawk, um helicóptero HM-3 Super Cougar, um KC-130 Hércules, um SC-95 Bandeirante, dois C-105 Amazonas e um R-99.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *