O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), afirmou hoje, por meio de nota, que vai abolir do texto da reforma administrativa da Casa todos...

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), afirmou hoje, por meio de nota, que vai abolir do texto da reforma administrativa da Casa todos os artigos que prevêem aumento de despesas e outras vantagens ilícitas como pagamento de salários acima do teto legal.

“A reforma administrativa do Senado Federal, nesta fase, é uma proposta que está sendo submetida aos senhores senadores. Os artigos que dispõem sobre aumento de despesas, vantagens indevidas e privilégios serão expurgados do texto, conforme determinação da Mesa Diretora”, diz a nota.

A reforma administrativa tão esperada foi encomendada pela Casa à Fundação Getúlio Vargas, em março deste ano e está em fase de implantação.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *