Terminou agora há pouco a leitura do voto do ministro GIlmar Mendes sobre o pedido de extradição do ex-guerrilheiro italiano Cesare Battisti. Mendes votou...

Terminou agora há pouco a leitura do voto do ministro GIlmar Mendes sobre o pedido de extradição do ex-guerrilheiro italiano Cesare Battisti. Mendes votou pela concessão da extradição e também pelo caráter compulsório da execução da decisão. Desta forma, não caberia ao presidente Lula definir se deve ou não cumprir o que for determinado pelo STF.

Neste momento o Ministro Eros Grau, que na primeira sessão de julgamento da extradição de Battisti abandonou o plenário irritado, está contraditando o presidente do Supremo. Todos os demais ministros que participam do julgamento — 9, no total — devem se manifestar sobre o assunto.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *