Começou agora há pouco a reunião de líderes do PSDB para definir o posicionamento a ser tomado com relação ao governador do Distrito Federal,...

Começou agora há pouco a reunião de líderes do PSDB para definir o posicionamento a ser tomado com relação ao governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (DEM).

A partir do encontro, que acontece na liderança tucana, no Congresso Nacional, pode-se decidir se a legenda mantém ou não o apoio ao político.

Na entrada, pouco se falou sobre o escândalo do suposto mensalão brasiliense, que desde sexta-feira tem chocado a população brasileira.

Arruda é acusado de comandar o esquema de cobrança de propina de empresas para repasse a políticos da base aliada.

O esquema foi denunciado durante a Operação Caixa de Pandora, da Polícia Federal.

O único a se pronunciar, muito rapidamente, foi o presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra (PE), que garantiu que, para este caso, “não haverá vacilação”.

A conferir…

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *