Márcio Falcão, da Folha Online. O presidente em exercício da Câmara Legislativa do Distrito Federal, Cabo Patrício (PT), determinou nesta quarta-feira que a Polícia...

Márcio Falcão, da Folha Online.

O presidente em exercício da Câmara Legislativa do Distrito Federal, Cabo Patrício (PT), determinou nesta quarta-feira que a Polícia da Casa abra inquérito para apurar os danos causados pela ocupação do plenário por manifestantes que protestam contra o governador José Roberto Arruda (DEM).

Em nota divulgada nesta tarde, Cabo Patrício afirmou que foram cometidos “excessos que causaram danos materiais e lesões corporais contra um segurança da Câmara Legislativa”.

Segundo o petista, “serão adotadas ações contra os responsáveis no sentido de ressarcir ao Erário do Distrito Federal os prejuízos causados”. “O Poder Legislativo, como a casa do povo, continua aberto para receber manifestações de quaisquer setores da sociedade”, afirmou. 

Para Cabo Patrício, os protestos pacíficos sempre foram tradição na Câmara local. “O Poder Legislativo já acolheu inúmeras manifestações nas dependências de suas instalações, sem colocar empecilhos para que elas ocorram de forma ordeira e sem danos ao patrimônio público e agressões aos servidores desta Casa”, disse.

A nota do presidente da Câmara foi lida para os manifestantes por um dos organizadores do movimentos. O texto foi recebido com vaias.

A ocupação do plenário começou no início da tarde, quando os manifestantes invadiram o prédio da Câmara e quebraram a porta de acesso ao plenário e o detector de metais.

No início do protesto, cerca de 150 pessoas ocuparam o local. Alguns manifestantes já deixaram a sala, mas permanecem em frente à sede da Câmara local cobrando a saída de Arruda e do vice-governador Paulo Octávio do governo.

No plenário, os manifestantes –que fazem parte da CUT (Central Única dos Trabalhadores), do Movimento Popular da Conlutas, de movimentos estudantis– picharam expressões como “fora ladrões” nos vidros e riscaram as mesas com estiletes. Eles também levaram um caixão com um boneco com a imagem do governador dentro.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *