Quatro ônibus cheios de militantes pagos pró-Arruda chegaram há cerca de uma hora à Câmara Distrital e passaram a hostilizar, provocar e agredir os...

Quatro ônibus cheios de militantes pagos pró-Arruda chegaram há cerca de uma hora à Câmara Distrital e passaram a hostilizar, provocar e agredir os cerca de 60 estudantes que ocuparam o plenário da casa legislativa.

Os “arrudaceiros” foram contidos pela Polícia Miitar antes que conseguissem esvaziar, na marra, as galerias de onde os estudantes acompanhavam a leitura do pedido de impeachment contra o ainda governador do DF. O empurra-empurra aconteceu na saída lateral do plenário .

A Poícia Militar convocou o BOPE para reforçar a segurança. Teme-se um confronto entre os ocupantes e os “arrudaceiros”. E ainda há uma ordem de reintegração de posse a ser cumprida, apesar de os manifestantes que pedem o impeachment do governador terem desocupado espontaneamente o plenário na madrigada de hoje.

Com a chegada de sue paus de palanque, Arruda deixa clara a mudança de estratégia e parte para a confrontação física do único grupo mobilizado contra sua permanência à frente do GDF.

Agora há pouco o twitter do #foraarrudaemáfia informou que, diante da entrada iminente do BOPE, uma assembléia foi convocada para decidir se os estudantes vão resistir ou não.

 

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *