A blogueira amapaense Alcinéa Cavalcanti, censurada judicialmente a pedido do senador José Sarney, aderiu ao nosso processo de permuta de censura. Ao processar Alcinéa...

A blogueira amapaense Alcinéa Cavalcanti, censurada judicialmente a pedido do senador José Sarney, aderiu ao nosso processo de permuta de censura.

Ao processar Alcinéa mais de vinte vezes, Sarney, que da tribuna do  Senado afirmou que jamais processara um jornalista, transformou-se em pioneiro desse novo tipo de censura, agora decretada por juízes togados.

Nos próximos dias este blog, o Prosa e Política e a Página do E, igualmente censurados, abrirão espaço para o material que não pode ser publicado na página eletrônica de Alcinéa.

Desta forma, os quatro blogs esperam deixar claro que não há espaço para a restrição da liberdade de expressão na web. Enquanto preservamos integralmente o cumprimento das determinações judiciais, deixando de noticiar aquilo que  foi proibido em nossos espaços, asseguramos à opinião pública o direito de tomar conhecimento dos fatos que estão sob censura.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *