Pelo menos um consolo resta da atitude que acaba de ser anunciada pelo deputado do dinheiro nas meias, Leonardo Pruddente. Ele não poderá mais...

Pelo menos um consolo resta da atitude que acaba de ser anunciada pelo deputado do dinheiro nas meias, Leonardo Pruddente. Ele não poderá mais se candidatar a nada no ano que vem porque pediu desfiliação do DEM para evitar o vexame da expulsão inevitável.

Ao dar uma banana para o partido, no entanto, Lenardo Prudente deu outra para os que querem ver Arruda longe dos cogres do GDF. Anunciou que vai retomar a presidência da Câmara Legislativa, de onde poderá atuar com toda a desenvoltura para tentar salvar Arruda e sua turma.

Não que isso vá mudar alguma coisa. A Câmara de Brasília sempre deixou claro que atuaria como redoma para os mensaleiros. Agora, no entanto, a situação fica mais harmônica. Presidida por Leonardo Prudente, a Câmara volta a ter um rosto adequado ao seu figurino. Ambos se merecem, Prudente e a Instituição que o esquema do panetone transformou em confraria.

Quem acha que a repugnância do escândalo não gerou nenhuma consequência e que o mundo está irremediável e definitivamente perdido, sobra o bônus de saber que já monta a três o número de pilantras que vão permanecer sem mandato — portanto sem ferramentas para atentar contra o dinheiro do contribuinte —  a partir das próximas eleições.

Que venha logo 2011.

 

 

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *