O deputado Sérgio Moraes foi escalado para o papel de ave de rapina do lixo congressual. O lixeiro estreou na nova função com frases...

O deputado Sérgio Moraes foi escalado para o papel de ave de rapina do lixo congressual. O lixeiro estreou na nova função com frases espetaculares. “Estou me lixando para a opinião pública” foi talvez a mais simbólica do pensamento desse autêntico filósofo da Ilha Fiscal em que se transformou a Câmara Federal.

A tarefa, que ele cumpre com gosto, é absolver o dono do castelo, não se importando em mandar para a latrina a imagem da instituição que ele representa. Por isso tudo, Sérgio Moraes (que sobrenome interessante!) é uma espécie de Maria Antonieta pós-moderna. O problema é que não há uma Bastilha a ser derrubada no horizonte para poupar uma cabeça tão ilustre de pensamentos dignos dos mais lúgubres epitáfios.

{comments}

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *