Sob gritos e protestos de que “os senadores estão roubando dinheiro do povo”, um homem entrou no Salão Azul do Senado e queimou a...

Sob gritos e protestos de que “os senadores estão roubando dinheiro do povo”, um homem entrou no Salão Azul do Senado e queimou a Constituição Federal.

A ação aconteceu enquanto o senador Demóstenes Torres (DEM-GO) concedia entrevista coletiva à imprensa.

O homem, identificado como Raimundo Souza, foi retirado do local pela polícia da Casa. Ele é amazonense, tem 45 anos, está desempregado e já participou de diversas manifestações um tanto polêmicas.

Segundo Demóstenes, a ação desta tarde significou a indignação do brasileiro com toda a crise vivida pelo Senado nos últimos meses. “Este cidadão está revoltado. Isso é o mesmo que queimar a bandeira do Brasil. Eu não a queimaria”, afirmou.

Vale lembrar que queimar a Constituição é crime.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *