O senador Garibaldi Alves (PMDB-RN) afirmou hoje que, se estivesse no lugar do atual presidente da Casa, José Sarney, trataria de pedir licença do...

O senador Garibaldi Alves (PMDB-RN) afirmou hoje que, se estivesse no lugar do atual presidente da Casa, José Sarney, trataria de pedir licença do cargo.

Ele disse que não desejava esta situação de crise, mas deixou claro que a decisão é do colega de partido. Vale lembrar que Alves já ocupou a presidência num momento de transição.

O PMDB está reunido há quase duas horas a portas fechadas para avaliar a situação de Sarney e decidir quais os próximos passos a tomar com relação à crise que assola o Senado há mais de quatro meses.

Mais cedo, o Democratas, aliado de Sarney, retirou o apoio ao parlamentar e sugeriu o afastamento do político.

O PSDB também se reuniu e a expectativa é a de que o líder do partido, Arthur Virgílio, divulgue a decisão da legenda ainda hoje em plenário.

O PDT também prevê uma reunião. Mais tarde, por volta das 7 da noite, é a vez do PT se encontrar.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *