Com informações do Estadão. A ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, partiu hoje em defesa do presidente do Senado, José Sarney. Para ela, o...

Com informações do Estadão.

A ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, partiu hoje em defesa do presidente do Senado, José Sarney. Para ela, o parlamentar não pode ser demonizado por ninguém. “Não concordo em demonizar o presidente Sarney e responsabilizá-lo por toda a crise”, afirmou ao dizer que as novas denúncias que recaem sobre o político peemedebista devem ser analisadas.

José Sarney é acusado agora de não declarar uma mansão no valor de R$ 4 milhões de reais. O episódio, denunciado hoje pelo Jornal O Estado de S.Paulo, foi esclarecido no começo da tarde pela assessoria do presidente da Casa. Além disso, Sarney está envolvido nos escândalos de contratações e exonerações de parentes e apadrinhados por meio dos conhecidos “atos secretos”.

Para ler a íntegra desta matéria, clique aqui.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *