Bruno viu a morte de Eliza e cogitou matar bebê, diz políciaA investigação da polícia mineira pôs ontem o goleiro Bruno Fernandes na cena...

Bruno viu a morte de Eliza e cogitou matar bebê, diz polícia
A investigação da polícia mineira pôs ontem o goleiro Bruno Fernandes na cena do cárcere e do homicídio de Eliza Samudio, sua ex-amante. O ex-policial civil Marcos Aparecido dos Santos foi apontado como o autor da execução e o responsável por ocultar O corpo. O plano inicial era matar também o filho de Eliza. Na primeira noite na cadeia, o goleiro, cujo contrato com o Flamengo foi suspenso, falou sobre futebol, informa a repórter Gabriela Moreira. “Estava com o contrato do Milan nas mãos”, disse a policiais. (Págs. 1 e Cidades C1)

Foto legenda: Destino inadequado

Lixão na periferia de Brasília, que passa a ser ilegal de acordo com a nova legislação aprovada pelo Senado; cerca de 70% dos municípios brasileiros dão destinação inadequada para resíduos sólidos, aponta estudo. (Págs. 1 e Vida A13)

Dissidente cubano põe fim a jejum
A Igreja Católica cubana divulgou a lista dos 5 presos políticos que serão soltos. O dissidente Guillermo Fariñas decidiu encerrar greve de fome após 134 dias. (Págs. 1 e Internaclonal A10)

Campanha mais cara é de Roraima
As estimativas de gastos dos candidatos aos governos dos 26 Estados e do DF somam R$ 1,5 bilhão. Roraima terá a campanha mais cara do País: R$ 116,72 por eleitor. (Págs. 1 e Nacional A4)

Estudo liga inflação a alta de serviços
Estudo da Fazenda mostra que a inflação de serviços (restaurantes, gasto com empregado doméstico) é o fator que mais pesou no IPCA nos últimos anos. (Págs. 1 e Economia B3)

Procuradora que torturou é condenada (Págs.1 e Cidades C3)

Descobertos anticorpos resistentes ao HIV (Págs. 1 e Vida A14)

Custos do divórcio devem cair até 50% (Págs. 1 e Vida A14)

Notas & Informações: Nova política para o lixo
A política nacional para o lixo é enorme avanço. É de se lamentar que tenha demorado tanto. (Págs. 1 e A3)

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *