Com informações do Correioweb. O Tribunal de Justiça do Distrito Federal concedeu habeas corpus ao fundador da Gol Linhas Aéreas e dono da Viação...

Com informações do Correioweb.

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal concedeu habeas corpus ao fundador da Gol Linhas Aéreas e dono da Viação Planeta, Nenê Constantino.

Ele estava em prisão domiciliar desde maio, acusado pelo assassinato de Márcio Leonardo de Sousa Brito, baleado após emboscada. O homem liderava os 100 moradores que invadiram uma garagem de Nenê.

No último dia 25, O próprio TJDFT havia aceito outra denúncia de assassinato contra Constantino. Tarcísio Gomes Ferreira teria sido morto há oito anos depois de largar o emprego ao se desentender com o ex-patrão.

Para ler a íntegra desta matéria, basta clicar aqui.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *