Tucanos preparam cruzada antiaborto Reunidos em Brasília, os maiores expoentes do PSDB declararam apoio a José Serra e defenderam o aborto como um tema...

Tucanos preparam cruzada antiaborto
Reunidos em Brasília, os maiores expoentes do PSDB declararam apoio a José Serra e defenderam o aborto como um tema que pode atrair o voto religioso e diferenciar o tucano da rival Dilma Rousseff. Os tucanos pretendem explorar uma suposta incoerência da candidata petista. “Eu nunca disse que sou a favor do aborto, porque sou contra”, afirmou Serra. Além de reforçar o discurso religioso, o tucanato pretende esclarecer ao eleitorado do Nordeste que uma vitória de Serra não representa o fim do Bolsa Família. Serra nomeou o senador eleito Aloysio Nunes, que obteve votação surpreendente em São Paulo, para dividir com o coordenador Sérgio Guerra (PE) a estratégia da campanha nos estados. No Rio de Janeiro, Dilma Rousseff reiniciou a corrida eleitoral em Duque de Caxias, cidade governada pelo serrista José Camilo Zito. Mas abandonou a carreata antes do previsto. (Págs. 1, 2 e 4)

Governo planeja enxurrada de verbas às prefeituras na reta final das eleições (Págs. 1 e 3)

Um empurrão presidenciável rumo ao Buriti
Agnelo Queiroz e Weslian Roriz contam com a ajuda dos candidatos ao Planalto na disputa do segundo turno. A mulher do ex-governador participou do encontro de ontem em apoio a José Serra e foi bem recebida pelo tucano. Também está prevista a colaboração de Índio da Costa, vice de Serra, na campanha brasiliense. Já o petista terá a companhia do presidente Lula e de Dilma Rousseff em comício marcado para segunda-feira em Ceilândia. (Págs. 1 e 33)

Weslian retoma a campanha sem Roriz ao lado. “Meus eleitores virão por conta própria”, afirma. (Págs. 1 e 34)


Desvios de R$ 150 milhões no Senado
Tribunal de Contas da União comprova o pagamento indevido de horas extras, gratificações ilegais e outras irregularidades na casa. (Págs. 1 e 12)

Queda do dólar: Mais crise à vista
O governo brasileiro anunciou novas medidas para evitar a redução da cotação da moeda norte-americana. Mas os especialistas prevêem mais baixas no mercado de câmbio. (Págs. 1 e 18)

Cenário favorável: PIB ainda cresce
O Brasil deve fechar 2010 com um aumento do Produto Interno Bruto acima dos 7,5%. A indústria e o comércio impulsionaram a economia no terceiro trimestre. (Págs. 1 e 17)

Prêmio Nobel: Químicos pioneiros
As pesquisas de dois japoneses e de um americano sobre as reações do carbono foram as vencedoras. As substâncias encontradas já são usadas em remédios e aparelhos eletrônicos. (Págs. 1 e Ciência, 32)

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *