Folha Online Na primeira aparição pública ao lado de José Serra (PSDB) depois de lançar sua candidatura ao governo do Distrito Federal, Weslian Roriz...

Folha Online

Na primeira aparição pública ao lado de José Serra (PSDB) depois de lançar sua candidatura ao governo do Distrito Federal, Weslian Roriz (PSC) disse que não perderá votos se o tucano não subir em seu palanque.

“Se ele vier, tudo bem. Se não vier, eu também não vou me preocupar. Os votos dele já estão garantidos”, disse.

No primeiro turno, enquanto seu marido Joaquim Roriz (PSC) era candidato ao governo, Serra não participou de nenhum ato político no Distrito Federal.

Apesar de negarem que tenham escondido Roriz na campanha, os tucanos evitaram aproximá-lo de Serra –já que Roriz teve a candidatura impugnada pelo Tribunal Superior Eleitoral com base na Lei da Ficha Limpa.

Weslian foi colocada na disputa por Roriz, que temia ter sua candidatura impugnada pelo Supremo.

Em ato de apoio a Serra, Weslian foi blindada por assessores e pela filha, a deputada eleita Jaqueline Roriz (PMN). Após sua participação nos debates, no qual esqueceu perguntas e não respondeu a questionamentos, a ordem na campanha de Weslian é evitar ao máximo o seu contato com jornalistas.

Em uma rápida entrevista, ela limitou-se a dizer que pretende participar de debates no segundo turno. “Estou mais para sim [mais para participar dos debates]. Vim dar apoio ao candidato [Serra].”

Weslian conseguiu se aproximar de Serra no final do ato político para abraçá-lo. Conversou alguns segundos com o candidato e a mulher dele, Mônica Serra.

Clique aqui para ler a íntegra no site da Folha

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *