Nordeste garante vantagem de Dilma sobre Serra no 2º turno Petista tem 62% na área contra 31% de tucano, que empata ou leva ligeira...

Nordeste garante vantagem de Dilma sobre Serra no 2º turno
Petista tem 62% na área contra 31% de tucano, que empata ou leva ligeira vantagem nas demais regiões, aponta Datafolha

A primeira pesquisa do Datafolha sobre o segundo turno da eleição presidencial mostra que Dilma Rousseff (PT) tem 48% dos votos, contra 41% de José Serra (PSDB). Se a votação, marcada para 31 de outubro, fosse hoje, ela estaria eleita.
Quando se consideram os votos válidos (sem brancos e nulos), Dilma tem 54%, e Serra, 46%. A margem de erro é de dois pontos. A pesquisa, feita na sexta-feira, ainda não mede o impacto completo da estreia dos programas do PT e do PSDB.
A dianteira da petista é garantida por uma grande vantagem sobre o tucano no Nordeste. Na região, onde está o maior número de beneficiários do Bolsa Família, ela tem 62% das intenções de voto, e ele, 31%. Nas demais regiões, Serra empata ou leva ligeira vantagem.
O tucano herda 51% dos quase 20 milhões de votos da terceira colocada no 1º turno, Marina Silva (PV). Dilma recebe 22%. (pág. 1 e Poder)
Vinícius T. Freire: Dilma tem mais votos em áreas de menor índice de desenvolvimento humano. (págs. 1 e A10)
Intenção de voto no 2º turno
Margem de erro de 2 pontos percentuais (para cima ou para baixo)

Dilma (PT): 48%
Votos válidos: 54%

Serra (PSDB): 41%
Votos válidos: 46%

Por região:

Sudeste
Dilma: 41%
Serra: 44%

Sul:
Dilma: 43%
Serra: 48%

Nordeste:
Dilma: 62%
Serra: 31%

Norte/Centro-Oeste:
Dilma: 44%
Serra: 46%

Eleito senador, Itamar afirma que Lula não é um democrata
Oito anos após apoiar Lula para a Presidência, o ex-presidente Itamar Franco, eleito senador pelo PPS e agora com José Serra, critica duramente o petista. “Um presidente que vai a Minas dizer que não pode ter um senador de oposição, que zomba da imprensa, que zomba da Constituição, não é democrata”. (págs. 1 e A18)

Foto-legenda: Ilustríssima
Legalização da maconha avança no exterior e reaviva debate no Brasil. (págs. 1 e 3)

De vento em popa
Novo luxo da classe média-alta nacional, barcos e produtos náuticos serão tema do São Paulo Boat Show, a partir de quinta-feira. O setor deve crescer entre 10% e 15% neste ano. (págs. 1 e B3)

Fernanda Torres
Devoção política e compromisso religioso exigem entrega absoluta. (págs. 1 e A21)

Caderno especial prevê carreiras que surgirão nos próximos 20 anos (pág. 1 e Profissões do futuro)

Editoriais
Leia “Obscurantismo”, que comenta o tema do aborto na eleição; e “Não é boa”, acerca da avaliação do ministro Franklin Martins sobre a imprensa. (págs. 1 e A2)

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *