Teste reprova segurança de ônibus nas ruas do Rio Veículos rodam com pneus carecas e vazamento de óleo que afeta o freio Um teste...

Teste reprova segurança de ônibus nas ruas do Rio
Veículos rodam com pneus carecas e vazamento de óleo que afeta o freio

Um teste feito por um engenheiro mecânico, a pedido do GLOBO, reprovou a segurança em 19 dos 20 ônibus municipais e intermunicipais vistoriados. Foram constatados veículos com pneus carecas, retrovisor do lado do motorista quebrado, vazamento de óleo pela roda – que afeta o sistema de freios -, volante em mau estado e alçapões de ventilação não removíveis em caso de emergência. O sistema que impede a circulação dos ônibus com portas abertas não funcionou em dez dos 11 veículos testados – os motoristas dos outros ônibus não aceitaram a vistoria. O sindicato dos ônibus do Rio reconhece que há veículos com problemas de segurança e conforto, mas assegura que são uma minoria. De janeiro a julho, houve no Rio 21 mortos em acidentes com ônibus. (Págs. 1 e 11)

Chile, em suspenso, espera os 33 mineiros
País parou à noite aguardando o início do resgate dos homens, presos há 69 dias a 700m de profundidade

Observados pelo planeta inteiro, que esperava acompanhando ao vivo o início das operações, os 33 homens há 69 dias presos a 700 metros de profundidade numa mina chilena preparavam-se ontem à noite para a jornada rumo à nova vida que os aguarda na superfície. O resgate do primeiro mineiro foi atrasado em horas, aumentando a tensão no país, que parou para torcer pelo sucesso das operações. O presidente Sebastián Piñera estava no local. O resgate de todos deve durar de 24 a 48 horas, segundo as autoridades. Cada mineiro ganhará uma viagem à Grécia e US$ 10 mil de um magnata da siderurgia. (Págs. 1 e 23 a 25)

Foto legenda: O presidente Piñera e membros de equipe de resgate fazem os últimos ajustes na cápsula que traria os mineiros à superfície antes do início da operação

Após caso Erenice, piora crise nos Correios

Menos de um ano após ter sua concessão renovada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) com a ajuda de Israel Guerra, filho da ex-ministra Erenice Guerra, a Master Top Linhas Aéreas (MTA) está em crise financeira e não honra mais seus compromissos com os Correios. A contratação de empresas para substituí-la custará mais ao governo. A MTA deverá ficar proibida de transportar cargas postais por 5 anos. (Págs. 1 e 3)

Em campanha, Lula paralisa o governo
Com o presidente Lula em campanha no 2º turno, o governo deixou em compasso de espera assuntos como Orçamento de 2011, reajuste do mínimo, compra de novos caças para a FAB, o caso do italiano Cesare Battisti e até a escolha do novo ministro do Supremo. (Págs. 1 e 9)

Célula-tronco: resultado sai em meses
Coordenador do primeiro estudo a testar os efeitos das células-tronco de embrião em seres humanos, Richard Fessier disse que os primeiros resultados sairão dentro de “alguns meses”. Oito pessoas com lesão na coluna participarão do teste. (Págs. 1 e 26)

Cresce desigualdade entre homens e mulheres no país
Estudo do Fórum Econômico Mundial mostra que, pelo segundo ano seguido, o Brasil caiu no ranking internacional de desigualdade entre homens e mulheres. Passou do 81º lugar, em 2009, para a 85ª posição este ano. A pior situação é a diferença de renda entre os sexos, que coloca o país na 123ª colocação em uma lista de 134 países. Outro problema é a baixa participação política das mulheres, com apenas 9% de presença no Congresso. (Págs. 1 e 17)

Foto legenda: O dia dos dois
A imagem de Nossa Senhora Aparecida é exibida diante do Cristo Redentor, que teve ontem missas pelos seus 79 anos. O evento que comemorou também o dia da padroeira do Brasil – reuniu o arcebispo do Rio e fiéis. Uma procissão com a padroeira percorreu a Avenida Atlântica. (Págs. 1 e 15)

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *