Com torcida e suspense, Chile começa a içar os 33 Após 69 dias, o capataz Florencio Ávalos é o primeiro a voltar à superfície...

Com torcida e suspense, Chile começa a içar os 33
Após 69 dias, o capataz Florencio Ávalos é o primeiro a voltar à superfície da mina

Depois de 69 dias presos em uma mina 622 metros abaixo do solo, o primeiro dos 33 operários chilenos foi resgatado na madrugada de hoje. Florencio Ávalos, 31, emergiu do duto à 0h11.
O mineiro foi resgatado são e salvo pela cápsula Fênix 2, pintada com as cores da bandeira do país. O resgate do grupo deve continuar nos próximos dias.
Com óculos escuros, para evitar alguma lesão nos olhos pela exposição repentina à luz, Ávalos, capataz da turma que ficou presa na mina San José, saiu da cápsula aplaudido e aos gritos de “Chi-chi-chi-le-le-le”.
O mineiro encontrou a mulher, os filhos e os pais. A operação, que começou cerca de dois meses antes do que se previa, foi acompanhada ao vivo por TVs e jornais de todo mundo. (Págs. 1 e Mundo)

Foto legenda: Ávalos abraça o presidente Sebastián Piñera com sua mulher, Monica, e seu filho ao lado

Presidente 40 Eleições 2010: Panfleto anti-PT circula em missas
Panfleto recomendando que católicos contrários ao aborto não votem no PT foi distribuído durante missas pelo Dia de Nossa Senhora Aparecida em Contagem (MG) e em Aparecida (SP).
O texto é assinado pelos bispos da Regional Sul 1 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, responsável pelo Estado de SP, e já havia circulado no primeiro turno e no dia das eleições.
A assessoria da CNBB afirmou que só a cúpula nacional fala pela entidade, que, em nota, já disse não indicar candidatos. Ninguém da regional de SP foi encontrado ontem. (Págs. 1 e A4)

Serra sai em defesa de acusado de desvio
O candidato José Serra (PSDB) saiu em defesa de Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, ex-diretor da Dersa citado por Dilma Rousseff (PT) como tendo “fugido” com R$ 4 milhões de caixa dois de tucanos.
“Não houve desvio de dinheiro por parte de ninguém, nem do Paulo Souza”, disse. Em entrevista à Folha, Souza cobrara resposta de Serra, dizendo que não se larga um “líder ferido na estrada”. (Págs. 1 e A10)

Elio Gaspari: Eles não falam de câmbio, juros ou do trem-bala
Dilma Rousseff e José Serra mostraram os punhos no debate, mas ainda têm tempo de tirar as baixarias da agenda e discutir câmbio, juros e reforma política, além do trem-bala. (Págs. 1 e A6)

Recall de carro e moto vai constar agora do Renavam
O não atendimento ao chamado das montadoras para reparos -o chamado recall- passará a constar do Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores), como já ocorre com multas e atrasos no IPVA.
Carros, caminhões e motos ficarão “marcados”, o que pode reduzir o valor de revenda deles. A medida passa a valer no próximo recall. De janeiro a agosto deste ano, houve 38 convocações, envolvendo mais de 1 milhão de veículos. (Págs. 1 e B1)

Falta estímulo no Brasil à inovação farmacêutica, diz Antônio Britto (Págs. 1 e B4)

Subprocurador pede anulação de ação contra Daniel Dantas
Parecer de Eduardo Antônio Dantas Nobre, subprocurador do Ministério Público Federal, afirma que a atuação da Abin na Operação Satiagraha foi ilegal.
Nobre recomenda anular a ação que condenou o banqueiro Daniel Dantas sob a acusação de tentativa de suborno de policiais. Se o parecer for aceito, o efeito pode se estender a outros processos do grupo. (Págs. 1 e A12)

Editoriais

Leia “Cada um por si”, sobre impasse nas discussões da reunião anual do FMI; e “Os males dos Correios”, sobre uso político e ineficiência da estatal. (Págs. 1 e A2)

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *