O Globo A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, entrou com dois pedidos de direito de resposta no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra...

O Globo

A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, entrou com dois pedidos de direito de resposta no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra programas eleitorais da candidata ao governo do Distrito Federal Weslian Roriz (PSC), mulher do ex-candidato Joaquim Roriz. A propagada eleitoral de Weslian reproduziu trechos de homilia em que o padre José Augusto , da TV católica Canção Nova, pede aos fiéis que se mobilizem e não votem em Dilma , pois o partido da candidata seria a favor do aborto.

Os programas foram veiculados na segunda-feira à noite e na tarde de terça-feira. Já no rádio, a transmissão foi na manhã e tarde de terça.

Os pedidos para direito de resposta sustentam que a opinião do sacerdote é feita sem nenhuma contextualização e integrou o horário eleitoral para “dentre outras afirmações falsas ofensivas, de cunho difamatório e calunioso, afirmar que o PT é a favor da interrupção de gestações indesejadas”. Além disso, argumentam que houve graves ofensas à honra e à reputação.

A representação ressalta também que é necessário afirmar que a posição do PT sobre este assunto é absolutamente outra: “a defesa da saúde das mulheres que diariamente se submetem à prática do aborto clandestino

Em 7 de outubro, a coligação de Dilma chegou a entrar com uma representação no Tribunal Superior Eleitoral pedindo direito de resposta de 15 minutos na emissora. Posteriormente, as duas partes entraram em acordo para veicular a resposta do PT.

Clique aqui para ler a íntegra no site do Globo

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *