PT vê disputa ‘problemática’ e busca votos no Sudeste Campanha de Dilma esperava vantagem maior no 2° turno e concentra esforços em São Paulo...

PT vê disputa ‘problemática’ e busca votos no Sudeste
Campanha de Dilma esperava vantagem maior no 2° turno e concentra esforços em São Paulo e Minas

O presidente Lula, os ministros mais próximos e o comando da campanha presidencial de Dilma Rousseff (PT) avaliaram que “a situação é problemática” para a candidatura petista, informam as repórteres Tânia Monteiro e Vera Rosa. A recomendação unânime foi para que Dilma concentre a campanha nas regiões Sul e Sudeste, porque a disputa no Nordeste já estaria ganha. Os estados que serão alvo prioritário do esforço são Minas, São Paulo e Paraná. 0 ideal, segundo assessores do presidente e da candidata, era que Dilma começasse o segundo turno com pelo menos 10 pontos porcentuais de vantagem sobre Serra – no primeiro turno, a votação terminou com 4 pontos de dianteira para Dilma. Mas pesquisa do Ibope divulgada anteontem mostrou que a petista está apenas seis pontos à frente. Há duvida na campanha se Lula deve aparecer mais na reta final. (Págs. 1 e Nacional A4)

Líder relata momentos de tensão nos 70 dias em mina
Último a ser resgatado da mina no Chile, Luis Urzua, líder dos trabalhadores, contou ao presidente Sebastián Piñera detalhes sobre a rotina dos 33 trabalhadores debaixo da terra, informa a enviada especial Patrícia Campos Mello. Ele disse que houve tentativas de sair da mina: “Muitas pessoas tentaram fazer coisas que certamente não eram as melhores, mas por sorte conseguimos manter o juízo e graças a Deus ninguém se acidentou.” (Págs. 1 e Internacional A23)

Evento foi um dos mais vistos da história
Estima-se que até 1 bilhão de pessoas tenham acompanhado a transmissão do drama dos mineiros, o que torna esse evento um dos maiores da história da televisão. (Págs. 1 e Internacional A24)

Em Minas, Serra tenta reverter desvantagem
O presidenciável José Serra (PSDB) indicou ontem que aposta numa virada em Minas para vencer a eleição. 0 senador eleito Aécio Neves reuniu 398 dos 853 prefeitos do Estado para fazer campanha. (Págs. 1 e Nacional A14)

Lula critica a oposição e se compara a Jesus
Em tom de desabafo, o presidente Lula tornou a criticar seus adversários: “Diziam que eu era comunista, porque tinha barba comprida. Mas Jesus também tinha. Tiradentes também tinha”. (Págs. 1 e Nacional A12)

Alimentação da mãe influencia qualidade do leite
Pesquisa da Universidade Federal do Amazonas aponta que a alimentação da mulher durante o período da amamentação pode influenciar na qualidade do leite materno, principalmente no teor de vitaminas. (Págs. 1 e Vida A28)

Superávit com Brasil é o maior dos EUA
O Brasil é hoje a parceiro que garante o maior superávit comercial dos EUA. 0 saldo a favor dos americanos no ano chega a US$ 7,2 bilhões, mais que o dobro verificado no mesmo período de 2009. (Págs. 1 e Economia B1)

Brasileiro paga a tarifa mais cara pelo uso do celular
Estudo da ONU mostra que o custo absoluto do celular no Brasil, apesar de estar em queda, é quase três vezes superior à média dos emergentes, o que torna o país alvo de questionamento nas entidades internacionais. (Págs. 1 e Economia B5)

Compra da Vivo pela Telefônica terá restrições (Págs. 1 e Economia B13)

MTA pede aval para levar seus aviões a Miami (Págs. 1 e Nacional A13)

Washington Novaes: Não é só o aborto
A sociedade brasileira, em sua maioria, está desejosa de saber o que os candidatos à Presidência propõem para essa e muitas outras questões. (Págs. 1 e Espaço Aberto A2)

Dora Kramer: À tripa-forra
O PT se vê obrigado a improvisar diante da necessidade de consertar excessos e a “economizar” seu principal trunfo: o presidente Lula. (Págs. 1 e Nacional A8)

Notas & Informações
A caça ao voto religioso
O mais revelador da pesquisa Ibope é a confirmação de que o voto religioso levou ao segundo turno. (Págs. 1 e A3)

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *