Dilma ataca privatizações; Serra acusa o PT de mentir Candidatos voltam a se enfrentar em debate tenso, mas sem mencionar a religião Em debate...

Dilma ataca privatizações; Serra acusa o PT de mentir
Candidatos voltam a se enfrentar em debate tenso, mas sem mencionar a religião

Em debate ontem à noite na RedeTV!, os candidatos à Presidência Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) voltaram a trocar acusações, com a petista insistindo nos ataques às privatizações e na tese de que os tucanos pretendem privatizar estatais. Serra, por diversas vezes, acusou o PT de Dilma de mentir, criticando resultados do governo Lula e destacando avanços das privatizações, como no setor de telecomunicações. Para ele, não está em questão qualquer privatização atualmente e, por isso, o PT usa o assunto com fins eleitorais. Os dois discutiram também sobre educação, segurança e infraestrutura. Serra voltou a criticar o Enem, “desmoralizado no governo do PT”, mas o exame foi defendido por Dilma, que o acusou de pretender acabar com o teste, o que o tucano negou. Durante todo o debate, tanto Serra como Dilma não falaram de aborto, casamento gay e outros temas que envolvem questões religiosas e que têm dominado o embate entre eles neste segundo turno. Para especialistas que acompanharam o programa a pedido do GLOBO, o tom beligerante entre os candidatos não ajuda o eleitor indeciso a fazer sua escolha. (Págs. 1 e 3)

Carga aérea, setor em frangalhos
A MTA, pivô do escândalo de tráfico de Influência que derrubou Erenice Guerra da Casa Civil, foi proibida de voar, mas não é a única empresa de carga aérea em dificuldade no país. Todo o setor, responsável por carregar encomendas dos Correios e parte do dinheiro enviado pelo BC aos estados, está em situação complicada. Com isso, os Correios gastam mais recursos para fazer as entregas, e o serviço é prejudicado, com atrasos. (Págs. 1 e 15)

Irmão de aliado de Dilma negocia com a Eletrosul
Edgar Cardeal negociou projeto de R$ 1 bilhão com a Eletrosul, cujo conselho é presidido pelo irmão Valter Cardeal, aliado de Dilma Rousseff. (Págs. 1, 9, 12 e 13)

PV e Marina decidem pela independência
Independência foi a posição aprovada pela senadora Marina Silva e o PV para o 2º turno. Mas Gabeira vai apoiar Serra, e Zequinha Sarney, Dilma. (Págs. 1 e 14)

Foto legenda: Dilma: a candidata petista usou a estratégia de acusar Serra de privatista
Foto legenda: Serra: o tucano criticou do governo Lula e chamou o PT de mentiroso

Doente morre após 7 dias de busca por vaga
Após uma semana buscando vaga num hospital, uma aposentada de 61 anos morreu num posto de São João de Meriti. Mesmo com ordem judicial, parentes não conseguiram CTI em 40 unidades públicas e privadas consultadas. (Págs. 1 e 16)

Greves param a França e já falta gasolina
Depois de 3 milhões irem às ruas no sábado contra a reforma da Previdência, ontem faltou combustível em quase 400 postos do país. A votação decisiva no Senado será terça-feira. (Págs. 1 e 23)

Evo admite que coca vai para o tráfico
O presidente da Bolívia, Evo Morales, admitiu, pela primeira vez, que parte da produção de coca do país é exportada e desviada para abastecer narcotraficantes. (Págs. 1 e 31)

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *