Eleições 2010: Lula não cumpriu principal promessa para a Cultura Compromisso era dar 1% do Orçamento, mas verba é de apenas 0,23% O presidente...

Eleições 2010: Lula não cumpriu principal promessa para a Cultura
Compromisso era dar 1% do Orçamento, mas verba é de apenas 0,23%

O presidente Lula vai terminar o governo sem realizar sua principal promessa para a área da Cultura. Em 2003, ele garantiu aos artistas que terminaria o governo destinando no mínimo 1% do Orçamento Geral da União ao Ministério da Cultura, mas a realidade da proposta enviada ao Congresso para o ano que vem é bem diferente: estão previstos recursos de R$ 1,65 bilhão, 0,16% do total. Este ano, a Cultura recebeu R$ 2,23 bilhões – 0,23% dos R$ 947,8 bilhões do Orçamento. Só teve mais recursos que as pastas de Pesca, Esporte, Indústria e Comércio e Relações Exteriores. A candidata petista, Dilma Rousseff, fez campanha em Goiás. O tucano José Serra encontrou-se com Fernando Gabeira no Rio e disse que fez parceria com setores do PV. (Págs. 1 e 3)

Padilha não assinou manifesto pró-Dilma
Diretor de “Tropa de elite 2”, José Padilha negou estar apoiando Dilma Rousseff – embora tenha sido incluído no manifesto de artistas a favor dela. Em nota, o cineasta disse que “a falta de crítica e de compromisso com a verdade” marca os dois candidatos. O sociólogo Emir Sader, que redigiu o manifesto, disse ter sido informado do apoio de Padilha. A CUT admitiu o erro. (Págs. 1, 3 e Merval Pereira)

AGU pede e STM atrasa decisão sobre Dilma
A pedido da Advocacia Geral da União, o Superior Tribunal Militar suspendeu o julgamento do pedido de acesso ao processo da ditadura contra Dilma Rousseff. A decisão pode ficar para o dia 28. (Págs. 1 e 18)

Serra: promessas cabem no Orçamento
Cobrado no “JN” por fazer promessas que elevam gastos – como mínimo de R$ 600 e 13º para o Bolsa Família -, José Serra disse que as medidas custariam apenas 1% do Orçamento da União. (Págs. 1 e 17)

Tesoureiro do PT é denunciado à Justiça

O Ministério Público de São Paulo denunciou o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, por formação de quadrilha, estelionato, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro no caso Bancoop. (Págs. 1 e 15)

Foto legenda: Depois do Chico, o Íris: Dilma faz campanha ao lado do candidato a governador de Goiás pelo PMDB. (Pág. 1)

Foto legenda: Depois do Gabeira, o Gabeira de novo: no Rio, Serra em campanha com o deputado pelo segundo dia consecutivo. (Pág. 1)

Fila do CTI no Rio já tem 138 pacientes
O Estado do Rio tem hoje uma fila de 138 pessoas aguardando vaga em algum Centro de Tratamento Intensivo (CTI). Segundo uma fonte da Secretaria de Saúde, sete morrem por dia à espera desse serviço. Cabral anunciou a criação, ano que vem, de mais 213 vagas em CTIs, num investimento total de R$ 274 milhões, que serão aplicados para ampliar três hospitais e construir outro. (Págs. 1 e 20)

Regras mais duras sobre antibióticos
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária está elaborando normas mais rígidas para venda de antibióticos. A ideia é exigir sempre receita para comercialização desses medicamentos nas farmácias. (Págs. 1 e 19)

União Europeia diz que iogurtes não melhoram saúde (Págs. 1 e 32)

China eleva os juros, Bolsa cai e dólar sobe
Para conter a inflação, a China surpreendeu os mercados e subiu os juros, na primeira alta desde 2007. Com isso, as bolsas caíram: 1,5% em NY e 2,61% em SP. O dólar subiu 1,26%, para R$ 1,687. (Págs. 1, 27 e 28)

Reino Unido corta gastos na Defesa
O primeiro-ministro britânico, David Cameron, anunciou cortes nas Forças Armadas que inviabilizarão a presença militar do país em futuros conflitos. Cerca de 42 mil serão demitidos até 2015. (Págs. 1 e 34)

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *