Flávio Ferreira O TJ (Tribunal de Justiça) de São Paulo anulou o processo em que o líder da Igreja Universal do Reino de Deus,...

Flávio Ferreira

O TJ (Tribunal de Justiça) de São Paulo anulou o processo em que o líder da Igreja Universal do Reino de Deus, Edir Macedo, foi acusado de envolvimento em crimes de lavagem de dinheiro por meio do envio de recursos para o exterior.

Segundo a corte de 2ª instância estadual, esse tipo de ação penal deve tramitar na Justiça Federal, que agora deverá receber os autos da causa e recomeçá-la da estaca zero.

O Ministério Público de São Paulo havia denunciado Macedo e outras nove pessoas, entre eles os bispos Honorilton Gonçalves da Costa e João Batista Ramos da Silva, que foram os autores do pedido de anulação do processo.

De acordo com a Promotoria, valores obtidos de fiéis da Universal foram remetidos para empresas no Brasil e depois para companhias com sede nas Ilhas Cayman.

Segundo o voto do relator do pedido de anulação, o desembargador Almeida Toledo, “as condutas imputadas aos pacientes [réus] tocam, em tese, o território estrangeiro, imprimindo caráter da ‘transnacionalidade’ ao crime de lavagem de dinheiro de que são acusados.

A lavagem de dinheiro realizada parcial ou totalmente no exterior constitui, por si só, o crime que induz a competência da Justiça Federal”.

Clique aqui para ler a íntegra no site da Folha

Comentários

  • Hugo

    29/10/2010 #1 Author

    ???????????????

    Responder

  • Hugo Frantz

    20/10/2010 #2 Author

    Sua mãe quer de volta os golpistas que perseguiram o próprio pai?
    http://www.correiodeuberlandia.com.br/?tp=coluna&…

    Responder

  • Hugo Frantz

    20/10/2010 #3 Author

    Pannunzio
    Um adendo. No artigo original não consta como sua mãe, porem consta no e-mail que recebi, que disponibilizo para voce se quizer que envie, apenas me passar um endereço.
    Abraço
    Hugo

    Responder

  • Hugo Frantz

    20/10/2010 #4 Author

    Caro Pannunzio
    Desculpe faze-lo por aqui, porém é muito grave. É o nome de sua mãe que está sendo usado, ou voce sendo colocado como filho dessa senhora.
    Recebi por e-mail, fiz uma pesquisa e parece que a origem está aqui, onde tem a íntegra do artigo, "assinado" por sua mãe. Creio que deve haver uma imediata tomada de posição:
    http://movimentoordemvigilia.blogspot.com/2010/10

    Grato
    Hugo

    Responder

    • fabiopannunzio

      20/10/2010 #5 Author

      Oi, Hugo. Sim, é da minha mãe o artigo. Representa o que ela pensa. Eu adoro a minha mãe, tenho o maior respeito pela produção intelectual dela, mas não concordo com algumas coisas. No entanto, acho que ela tem todo o direito de se manifestar.
      Obrigado pela preocupação. Um abraço.

    • Hugo Frantz

      20/10/2010 #6 Author

      Meus Deus, agora a coisa realmente catingou a enxofre.

    • Hugo Frantz

      20/10/2010 #7 Author

      Porém está muito longe do nível de expressão de uma intelectual. É baixaria de ponta a ponta. É o golpismo em marcha.

    • fabiopannunzio

      20/10/2010 #8 Author

      Não acho ue seja baixaria de ponta a ponta. Você pode discordar, eu posso não concordar com tudo o que ela escreve, mas é a expressão do pensamento dela. Que tal se respeitássemos a diversidade de pensamentos ?

    • Hugo Frantz

      20/10/2010 #9 Author

      Creio que voce não leu o artigo na íntegra.

    • Hugo Frantz

      20/10/2010 #10 Author

      Um trecho da matéria:

      "…Lerdo, esquecido, cego, mudo, mal acompanhado, arrogante, intrometido, globe-trotter contumaz e exigente, inconveniente, inoportuno, desrespeitoso, metido a engraçado, mal assessorado nos assuntos internos e externos, ele foi dizendo patacoadas que caíram na alma da gigantesca camada de brasileiros e brasileiras pobres de grana e pobres de espírito. Estes cidadãos, das camadas de E a Z, se contentaram com cestas, bolsas, vales, tíquetes, esmolas, enfeitadas com bandeiras, marchas messiânicas, quebra-quebra, invasões, saques, desordem generalizada. O cargo lhe deu imunidade e impunidade e ele, generoso, repassou estes benefícios aos desordeiros e aos amigos mais próximos…"

      Se isso não é baixaria, já não sei mais o que significa.

    • Hugo Frantz

      20/10/2010 #11 Author

      Parece que sua mãe deu uma volta de 180 graus em relação ao pai, seu avô e a ela própria, ex "socialista".

      AFRÂNIO FRANCISCO DE AZEVEDO

      Estudos: Técnico em Contabilidade.

      Profissão: Comerciante e Fazendeiro.

      Nascimento: 07 de julho de 1910, Uberaba, MG.

      Residência: Uberlândia, MG.

      Filiação: José Marciliano de Azevedo e Maria Rodrigues de Azevedo.

      Cônjuge: Joaninha de Freitas Azevedo.

      Filhos: José Olympio, Mário Augusto, Martha, Afrânio Marciliano, Francisco Humberto e Marcos.

      Vida Política e Parlamentar

      Deputado Estadual, PCB, Constituinte e 1.ª Legislatura. Compôs a Mesa Diretora: 2.ª Vice-Presidência, 22.03.1947 a 20.07.1947 – Período da Constituinte.

      A 21 de janeiro de 1948, tendo por base a Lei n.º 211 e o cancelamento pelo TSE do registro do Partido Comunista do Brasil – PCB, a Mesa Diretora da Assembléia Legislativa declara extinto o seu mandato.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *