O senador José Sarney saiu da cadeira de presidente e desceu ao plenário do Senado para conversar com os colegas. Ele está tentando convencer...

O senador José Sarney saiu da cadeira de presidente e desceu ao plenário do Senado para conversar com os colegas. Ele está tentando convencer governistas e a oposição a encontrar um caminho para a solução do impasse em torno da CPI da PETROBRAS.

Ontem Sarney disse que usaria sua “autoridade” de presidente para solucionar o problema. O que ele quer é que o assunto fique no âmbito do Legislativo. O presidente do Congresso quer demover Alvaro Dias de apresentar o recurso para obrigar à destituição dos governistas que estão impedindo a sessão de instalação da CPI. Seria uma desmoralização, na opinião dele, se o Supremo interviesse e desautorizasse o parlamento.

Alvaro Dias já marcou hora para protocolar a petição: 10 da manhã. A condição para que isso não aconteça é o fim — improvável — do boicote do governo à investigação da estatal.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *