Da Agência Senado O senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE) acabou de abrir a reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), que será...

Da Agência Senado

O senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE) acabou de abrir a reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), que será iniciada com audiência pública para instruir a votação de nove projetos que pretendem incluir no rol de crimes hediondos as práticas de peculato, de corrupção passiva ou ativa e a inserção de dados falsos ou modificados em sistema público de informações, se essas ações causarem dano ao patrimônio público. Também poderá passar a ser crime hediondo, conforme as propostas, o trabalho escravo, a adulteração de alimentos e a corrupção de menores. O presidente da CCJ, senador Demóstenes Torres (DEM-GO), é o relator dos projetos.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *