Latoya Jakcson, a irmã mais velha de Michael Jackson, disse que sabe quem foram os assassinos do ídolo pop. Em declaração a dois jornais...

Latoya Jakcson, a irmã mais velha de Michael Jackson, disse que sabe quem foram os assassinos do ídolo pop. Em declaração a dois jornais ingleses, ela assegurou que o assassinato teria sido perpetrado porque havia uma conspiração interessada nos direitos autorais do irmão.

“Michael foi assassinado. E nós sabemos que não há apenas uma pessoa envolvida”, diz Latoya, para quem a suposta overdose de drogas é uma tolice. “Ele valia mais de um bilhão de dólares só em direitos autorais das músicas publicadas. Valia mais morto do que vivo”.

Ela também afirmou que valores e joias desapareceram na mansão de Neverland no dia da morte de Michael. “Dizem que ele estava pobre, mais ele tinha sempre uns dois milhões de dólares em casa para pagar algumas contas. Muita gente esteve lá quando ele morreu. O dinheiro e as joias desapareceram”.

 

Leia a entrevista de Latoya Jackson (em inglês) no site do News of The World clicando aqui.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *