Quem é Deise Zuqui, procurada pela Interpol Dominicana?

Tentei também a polícia dominicana. Demoram tanto pra atender o telefone que imagino quanto tempo seria necessário para localizarem uma ficha de papel num arquivo com milhares de outras fichas de papel. Fiquei com a impressão de que os policiais daquele país são meio avessos a prestar informações à imprensa estrangeira.

Fui pesquisar no Orkut. É bem provável que uma garota de 22 anos tenha um perfil. E tinha. Ativo. Deise Zuqui tem mais de uma centena de amigos e há gadgets no site que são atualizados todos os dias. Na página inicial, a foto de um menino que está aprendendo a engatinhar. Presumo que seja filho dela. E uma louvação neo-pentecostal que, imagino, seja alusiva a algo que se passou entre o Norte da Venezuela e o Golfo do México. . Não sei mais nada sobre Deise Zuqui. Quando tentei descobrir, fui rechaçado por alguém que não quis se identificar ao telefone.

Liguei para o local onde ela trabalha. Uma telefonista com instintos maternais informou que Deise estava em reunião. Quando me identifiquei, ela disse que ali não havia nenhuma Deise Zuqui. Apesar das fartas informações comerciais que a apontam como alguém importante na organização de fitas mata-mosca e ferramentas. A telefonista bateu o telefone na minha cara uma vez, depois duas, depois três. Na quarta tentativa, deixei meu telefone e pedi para ligarem se acaso lhes ocorresse de explicar em que enrascada a misteriosa Deise Zuqui se meteu no Caribe. Se você souber, por favor, me mande um e-mail.

Pode ser que haja algum equívoco na anotação da INTERPOL. Mas é bem improvável. Pode ser que a família dela tenha aversão a jornalistas. Mas é mais provável que eles não tenham gostado da minha bisbilhotice sobre um assunto que permanecia, até o momento da postagem deste artigo, completamente fora do alcance da opinião pública brasileira. Assim que eu tiver mais informações sobre a “fraudadora”, volto a postar um artigo sobre o assunto.

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *