Paulo Duque e Sérgio Guerra quase saem na quebra de braço aqui na reunião que instala a CPI da Petrobras. Isso porque o presidente...

Paulo Duque e Sérgio Guerra quase saem na quebra de braço aqui na reunião que instala a CPI da Petrobras.

Isso porque o presidente do PSDB sugeriu a indicação do nome do petista Aloizio Mercadante para a presidência da comissão.

Paulo Duque achou a atitude desrespeitosa e afirmou que aquilo só podia se tratar de uma brincadeira.

O senador, o mais idoso da Casa, chegou a chamar Sérgio Guerra para “resolver os problemas do lado de fora da sala”.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *