Um problema de disputa dentro da base aliada causou o atraso da reinstalação do Conselho de Ética do Senado, desativado desde março. É que,...

Um problema de disputa dentro da base aliada causou o atraso da reinstalação do Conselho de Ética do Senado, desativado desde março.

É que, até ontem, Antonio Carlos Valadares era o nome da vez para a presidência do Conselho. Mas hoje, o senador Paulo Duque, o mais velho a compor o conselho, resolveu intervir e se candidatar ao cargo.

O impasse causa problemas inclusive para o líder peemedebista, Renan Calheiros já que, ao preterir Valadares, corre um sério risco de perder apoio do parlamentar.

Antonio Carlos Valadares é amigo de Sarney e figura importantíssima para a base neste momento. No PSB, ele é considerado elemento ponderador, já que o outro membro do partido, Renato Casagrande, é completamente favorável à saída de José Sarney da presidência do Senado.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *