Com informações da Agência Câmara O impasse em torno do crédito adicional para a reforma do Palácio do Planalto suspendeu a reunião da Comissão...

Com informações da Agência Câmara

O impasse em torno do crédito adicional para a reforma do Palácio do Planalto suspendeu a reunião da Comissão Mista de Orçamento. Dos 15 itens da pauta, o colegiado só aprovou dois: a liberação de R$ 638 milhões para os ministérios dos Transportes e das Cidades, e R$ 886,3 milhões para obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

A oposição pediu explicações extras para votar o crédito orçamentário da reforma do Planalto, no valor de R$ 100 milhões. A obra está prevista no Plano Plurianual em vigor, com dotação orçamentária de R$ 118 milhões, mas o orçamento deste ano já liberou R$ 78,8 milhões para restauração do Palácio. O crédito solicitado pelo governo ultrapassa o valor previsto para a reforma em R$ 60 milhões.

O representante da minoria, deputado federal Otávio Leite (PSDB-RJ) conversou sobre a reforma com técnicos da Casa Civil, mas decidiu protocolar requerimento pedindo mais explicações à ministra-chefe, Dilma Roussef. Prometeu ainda visitar o canteiro de obras amanhã (15).

A conclusão das obras está prevista para abril de 2010.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *