Democratas e tucanos prometiam somar 8 votos em branco no pleito que escolhe o presidente do Conselho de Ética do Senado. Mas na urna,...

Democratas e tucanos prometiam somar 8 votos em branco no pleito que escolhe o presidente do Conselho de Ética do Senado.

Mas na urna, o resultado foi diferente.

Com dez dos 15 votos, Paulo Duque (foto) foi eleito. Ele era o único candidato à vaga, já que Antonio Carlos Valadares renunciou e desistiu de ser membro do Conselho.

Ao todo, houve uma abstenção e quatro votos em branco.

Foram chamados para fiscalizar a contagem os senadores Gim Argello, Almeida Lima, Rosalva Ciarlini e Papaleo Paes.

A expectativa agora é a de que o novo presidente convoque outra eleição, desta vez para vice.

 

Foto: Waldemir Rodrigues / Agência Senado

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *