Na teoria, o Senado tem 81 parlamentares eleitos através do voto direto. Na prática, muitos senadores que sequer conseguiram um voto, atuam representando um...

Na teoria, o Senado tem 81 parlamentares eleitos através do voto direto. Na prática, muitos senadores que sequer conseguiram um voto, atuam representando um dos 26 estados e o Distrito Federal.

Atualmente, 20 políticos encontram-se nesta situação. São suplentes que já representam quase 25% do quadro da Casa.

E eles também vieram para comandar as comissões mais cobiçadas no momento. João Pedro (PT-AM) é suplente do ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, e foi eleito presidente da CPI que vai investigar irregularidades na Petrobras.

Já Paulo Duque é mais que isso. Suplente de suplente, ele ocupa a vaga antes pertencente ao governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral. O octogenário conseguiu, na marra, a presidência do Conselho de Ética. Até esta terça-feira, era quase certo o nome do senador Antonio Carlos Valadares para o cargo.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *