O estado de saúde da ministra Dilma Roussef só mereceu uma rápida menção pública do presidente Lula, que está em viagem à China. Ao...

O estado de saúde da ministra Dilma Roussef só mereceu uma rápida menção pública do presidente Lula, que está em viagem à China. Ao final de um evento que reunia empresários dos dois países, questinado pelos repórteres que o acompanhavam, o presidente se limitou a dizer que havia recebido informações sobre Dilma e que ligaria para o Brasil para saber mais notícias.

Até agora não houve nenhuma oportunidade para que os jornalistas questionassem o presidente sobre as implicações políticas da internação da ministra, que representa hoje o projeto eleitoral de Lula.

A cobertura, por enquanto, se limita aos fatos da agenda oficial. Hoje houve dois discursos: um na inauguração de um centro de estudos sino-brasileiros, outro durante o evento empresarial. Lula estava contido. Improvisou somente na segunda oportunidade, mas não tocou no nome de Dilma.

Como o dia está terminando em Pequim, a próxima oportunidade de contato será na manhã de amanhã. Uma entrevista coletiva foi marcada no encerramento da viagem, ritual que Lula tem seguido durante seus périplos no exterior. A conversa com os repórteres está marcada para as 10h30 da manhã, horário de Pequim, 23h30 da noite de hoje em Brasília.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *