Com informações da Agência Brasil. Cerca de 200 funcionários do Senado vão ser exonerados do cargo. De acordo com levantamento concluído pela Advocacia Geral...

Com informações da Agência Brasil.

Cerca de 200 funcionários do Senado vão ser exonerados do cargo. De acordo com levantamento concluído pela Advocacia Geral da Casa, eles foram contratados por “atos secretos”.

A documentação está na diretoria-geral e vai ser analisada por Haroldo Tajra. A previsão é a de que a lista dos demitidos seja divulgada na semana que vem.

A medida vem sendo adotada com base na determinação do presidente do Senado, José Sarney, que, no início da semana, anulou os 663 atos administrativos secretos que vigoraram nos últimos 14 anos.

Para ler esta notícia na íntegra, basta clicar aqui.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *