Com informações do Jornal O Globo. Mesmo tendo sido extinta há um ano e meio, a CPMF, também conhecida como imposto do cheque, continua...

Com informações do Jornal O Globo.

Mesmo tendo sido extinta há um ano e meio, a CPMF, também conhecida como imposto do cheque, continua incorporada aos custos de contratos do governo federal com a iniciativa privada.

De acordo com reportagem do Jornal O Globo, o Tribunal de Contas da União constatou, em pelo menos 20 auditorias realizadas recentemente, que empresas e órgãos do governo repassam o equivalente ao valor do tributo já não mais existente aos fornecedores. O montante é embolsado como lucro.

Para o TCU, há indícios de que essa prática seja generalizada na administração pública. O prejuízo aos cofres públicos é de milhões de reais.

Leia mais aqui.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *