Com informações da Agência Brasil. Nos últimos 10 anos, 42 torcedores morreram em conflitos dentro, no entorno ou em acessos a estádios de futebol...

Com informações da Agência Brasil.

Nos últimos 10 anos, 42 torcedores morreram em conflitos dentro, no entorno ou em acessos a estádios de futebol no Brasil. Os dados foram contabilizados pelo sociólogo, Maurício Murad, que checou todas as mortes deste tipo ocorridas entre 1999 e 2008.

No início da pesquisa, o país estava em terceiro lugar na comparação com outros países. Perdia, respectivamente, para a Itália e a Argentina. Hoje, os números se inverteram e o Brasil é o líder neste ranking.

Para o estudioso, a constatação deveria ser uma grande preocupação para o país, que vai abrigar a Copa do Mundo de 2014.

Outro dado alarmante é que a proporção de óbitos vem aumentando nos últimos cinco anos. Se em uma década a média é de 4,2 mortes por ano, entre 2004 e 2008, as mortes somam 28 (média de 5,6 pessoas mortas a cada ano). A proporção é ainda maior se forem somados os óbitos dos dois últimos anos: foram 14 entre 2007 e 2008.

Para ler esta matéria na íntegra, clique aqui e confira as outras constatações da pesquisa.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *