Com informações do G1. A Diretoria-geral do Senado confirmou hoje que 218 funcionários da Casa foram nomeados por ato secreto. Os números constam do...

Com informações do G1.

A Diretoria-geral do Senado confirmou hoje que 218 funcionários da Casa foram nomeados por ato secreto. Os números constam do relatório assinado pelo advogado-geral da instituição, Fernando Bandeira de Melo. O documento recomenda a demissão imediata de todos esses servidores.

Entre os nomeados secretamente estão “fantasmas”, servidores já exonerados e funcionários nomeados pelo ato e que trabalham normalmente.

Mesmo depois de demitidos, todos os servidores contratados irregularmente podem ser recontratados.

Mas, segundo a diretoria-geral, essas exonerações só vão ser efetivadas em 30 dias, quando uma comissão criada para avaliar os atos concluirá os trabalhos.

Para ler a matéria completa, basta clicar aqui.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *