Com informações da Folha Online. O Ministério Público Federal em Santos denunciou hoje o empresário Marcos Valério. Outras sete pessoas investigadas na Operação Avalanche,...

Com informações da Folha Online.

O Ministério Público Federal em Santos denunciou hoje o empresário Marcos Valério. Outras sete pessoas investigadas na Operação Avalanche, da Polícia Federal, também estão na lista, acusados de crime de exploração de prestígio.

Deflagrada em outubro do ano passado, a ação visou investigar a apropriação indevida de dinheiro apreendido durante o fechamento de bingos. Na época, Valério foi preso, suspeito de encomendar um inquérito falso para prejudicar dois fiscais da Fazenda e beneficiar a cervejaria de um amigo.

Para o Ministério Público, a denúncia de hoje revela que a quadrilha contratou serviços de um juiz aposentado para influenciar no andamento de ação que tramitava no Fórum de Boituva (SP).

Valério também é réu no processo do esquema do Mensalão, que tramita no Supremo Tribunal Federal. O empresário responde por corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *