Do Estadão. Uma sequência de diálogos revela a prática de nepotismo explícito praticado pela família Sarney no Senado. As gravações feitas pela Polícia Federal...

Do Estadão.

Uma sequência de diálogos revela a prática de nepotismo explícito praticado pela família Sarney no Senado. As gravações feitas pela Polícia Federal com autorização judicial, durante a Operação Boi Barrica, ainda amarra o presidente da Casa, José Sarney, ao ex-diretor geral Agaciel Maia. Em uma das conversas, o empresário e filho de Sarney, Fernando Sarney, diz à filha, Maria Beatriz Sarney, que mandou Agaciel reservar uma vaga ao namorado dela, Henrique Dias Bernardes. Agaciel Maia é o principal mentor e editor dos “atos secretos” mantidos sob sigilo por mais de 14 anos.

Para conferir os telefonemas dados, clique aqui. Os podcasts estão no formato mp3 e trazem diálogos entre o filho e a neta do presidente do Senado, entre o filho de Sarney e o neto, e entre Fernando Sarney e José Sarney.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *