Com informações do Estadão. O Ministério Público Federal em Brasília entrou com uma ação civil na Justiça contra o publicitário Duda Mendonça, réu no...

Com informações do Estadão.

O Ministério Público Federal em Brasília entrou com uma ação civil na Justiça contra o publicitário Duda Mendonça, réu no caso do “Mensalão” pela prática de lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

O MPF cobra a devolução de R$ 757,8 mil que teriam sido pagos indevidamente pelo governo à agência de publicidade de Duda. O valor, segundo a procuradora Raquel Branquinho, foi recebido porque o publicitário “apenas intermediou contratos de outras empresas”.

Branquinho pediu, em caráter liminar, a indisponibilidade de bens de Duda e o ressarcimento do valor, atualizado e corrigido. O contrato em questão data de 2003.

O advogado de Mendonça, Henrique Araújo Costa, rechaçou a acusação, afirmando que o caso “já foi julgado pelo TCU de forma favorável à agência publicitária”.

Para mais informações, basta clicar aqui.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *